Testemunho de Conversão e Vocação do Missionário Flávio

Graça e Paz, que a alegria do Evangelho e a força do Espírito Santo pela intercessão da Virgem Maria esteja em seu coração.

Meu nome é Flávio, sou missionário da comunidade Presença a 8 anos, e é com alegria que partilho com vocês, brevemente um pouco de minha vida e sobre a alegria de ser Missionário de Cristo.

Antes de conhecer a Cristo, eu vivia em um mundo de Escuridão e trevas. Muito jovem tive a experiência de iniciar o uso de cigarro e álcool, estas drogas lícitas e as más amizades fez com que eu desse abertura para outras drogas Ilícitas como, maconha, cocaína, drogas inalantes e sintética. Foi uma adolescência conturbada pela separação de meus pais, minha família se envolvendo com falsas doutrinas (Espiritismo e Macumba), o meu comportamento diante destes problemas era de decepção, agressividade e rebeldia, comecei a dar muitos problemas na escola me envolvendo em brigas, excesso de faltas e mau comportamento. Usava drogas dentro e fora da escola, comecei a praticar o furto para sustentar meu vício e jogos de vídeo game em fliperamas diariamente. Quando iniciei minha juventude tive um bom emprego mas por falta de testemunho, pelos problemas e vícios que me acompanhavam acabei perdendo meu trabalho e como eu já estava mergulhado nas drogas, iniciei um trabalho que muitos jovens se iludem o trabalho com o comercio de drogas. Rapidamente fui crescendo no mundo do crime, cometendo assaltos e distribuição de drogas de todos os tipos. Rapidamente me tornei um traficante a ponto de comandar varias bocas de fumo. Tive alguns relacionamentos e vivia de uma forma irregular, ou seja, sem a Graça de Deus, e no pecado. Minha família após ver a realidade que eu estava vivendo e o grau de infiltração no crime, começou a bater de frente comigo e não demorou muito para que eu aluga-se uma casa e saísse de perto deles. Pois eu pensava que me refugiando pra longe estaria mais tranquilo.

Minha mãe nunca desistiu de mim, sempre rezando por mim e me seguindo com medo de algo pior acontecer, medo de eu ser preso, acidentes e outras tragédias que poderiam vir pela consequência que eu vivia. Neste tempo foi um combate que minha mãe travou, era a força da oração de uma mãe que não queria perder seu filho, contra as forças das trevas que achava que tinha direito em minha vida pelos pactos que iniciamos outrora com o maligno.

Me lembro que em novembro de 2007 fui pra São Paulo, a fim de descansar e esfriar um pouco o movimento e a perseguição da policia. Foi ali em São Paulo que através de um sonho com Jesus Cristo tive a vontade de sair daquela vida. Jesus dizia no sonho que queria me dar vida nova, e sem medir esforços disse a Deus, se há um Deus que pode mudar a minha vida eu quero ver o teu poder.

E realmente eu tive a graça de experimentar a graça de Deus em minha Vida, de uma forma libertadora, assim que voltei pra minha cidade tomei a decisão de ir no grupo de oração e com minha mãe e foi ali que senti a força do Espirito Santo me tocando e me purificando . Irmãos eu senti um amor tão grande de Deus para comigo era uma experiência que jamais tinha vivenciado, era o Encontro com o Verdadeiro Amor, Jesus Cristo.

Após iniciar minha caminhada Cristã, eu com a graça de Deus abandonei de um dia para o outro o vício das drogas, a vida desregrada na sexualidade, a mentira, fui me desligando de tudo que se referia ao mundo do crime. Iniciei uma caminhada Espiritual buscando cada dia mais a graça de Deus, que me levou a fazer a minha Primeira Eucaristia no dia 25 de maio de 2008 com Padre Junior que tanto amo. Na semana seguinte fui participar do grupo de Jovens Vida Nova, e foi ali que conheci a comunidade Católica Presença, na época (Javé Chammá). O coordenador do grupo era o Fernando Gomes, o qual hoje é meu padrinho de Crisma e formador dentro da comunidade. Me lembro que ali no grupo uma menina chamada kathlim me chamou pra ir na comunidade Presença na quinta feira dia 05 de junho para o plantão de oração e eu aceitei, combinamos e fomos. Quando chegamos naquela chácara e eu tive a graça de pisar naquele lugar, e sentir uma alegria tão grande que jamais tinha sentido, dentro de mim sentia algo que não sabia explicar.

Fui atendido pelas missionárias Cleonice (Nice) Aline e Suzane, elas rezaram por mim e a Nice me disse que era pra mim paquerar a comunidade que Deus me pedia isso, eu não entendi muito bem na hora aquilo de paquerar, mas iniciei uma aproximação com a comunidade, comecei a ajudar a comunidade na construção da casa mãe e o tempo foi passando e eu ali indo e vindo, eu já me sentia como se fosse um deles. Era inexplicável a alegria que eu sentia em ajudar aqueles irmãos.

Foi quando eu perguntei para o missionário Paulo como fazia pra ser missionário, ele disse que eu tinha que fazer caminho vocacional e pediu pra mim procurar a Lucimar que é Fundadora da comunidade. Eu a procurei e disse que queria fazer o caminho vocacional, ela me autorizou a participar do próximo encontro sem compromisso e ver se realmente era isso que eu queria pra depois continuar o processo vocacional.

Eu gostei muito e disse que queria continuar, ela me autorizou e iniciei meu processo vocacional. Com o passar dos meses fui sentindo que meu lugar era ali e que Deus me chamava a doar a minha vida pra ele. Embora Deus já me falasse ao coração que eu devia dar meu sim, ele confirmou através de um vizinho meu chamado Jair Braz, ele me disse assim: “olha Flávio eu levei curriculum seu na nestlé, e é muito estranho eles não te chamarem nem pra entrevista, eu não entendo muito disso não mas a sua mãe me disse que você esta fazendo caminho vocacional com uma comunidade no Paula Lima, olha eu sinto em te dizer que a vontade de Deus pra sua VIDA não é você trabalhando pra Patrão em firma nenhuma, Deus quer você trabalhando pra Ele eu sinto isso”. E foi ali que Deus completou e confirmou o que realmente ele queria de mim.

Eu não tive dúvida e entreguei minha vida não mãos de Deus, entrei na comunidade dia 15 de fevereiro de 2009, após dois anos de vivencia na casa mãe fui enviado pra casa de Missão em Melgaço Ilha do Marajó, após 3 anos ali fui transferido pra casa de Missão de Marabá ambas no estado do PARA. Ali também passei 3 anos em missão, hoje estou retornando pra casa mãe de onde saí a 6 anos atrás, vivo um namoro cristão dentro da comunidade com a Raiane , e posso dizer que sou muito feliz dentro do chamado que Deus me fez.

Verdadeiramente hoje eu sou feliz. Louvo a Deus pela experiência e aprendizado neste tempo de missão e a comunidade que me acolheu como missionário e que tanto tem me ajudado a fazer a vontade de Deus. Antes eu tinha tudo (Ter,Poder,Prazer) mais não tinha nada porque eu não tinha Jesus.

Hoje eu não tenho nada mais tenho TUDO porque tenho JESUS. Sou feliz, sou Presença daquele que me Resgatou das trevas e deu uma nova Vida. Agradeço a minha Mãe que não desistiu de mim e a Nosso Senhor Jesus Cristo e a Virgem Maria por me amar tanto. Deus abençoe a todos.

Flávio Martinez

Missionário da Comunidade Católica Presença

Mais Recentes

MISSÃO BREVES – PA

Olá irmãos, graça e paz!! Com muita alegria nós da Comunidade Católica Presença – Missão Breves (Arquipélago do Marajó – PA), queremos

MISSÃO MELGAÇO – PA

  Graça e paz, É com muita alegria que podemos partilhar da missão em que exercemos na Cidade de Melgaço no Estado