Viajem Apostólica do Papa Francisco ao Chile

“A unidade é uma diversidade reconciliada, porque não tolera que, em seu nome, se legitimem as injustiças pessoais ou comunitárias”.

Em sua visita ao Chile, o papa, nesta quarta-feira 17, foi em Temuco, uma região onde há povos indígenas mapuche, em que celebrou a santa missa no aeródromo de Maquehue. Em sua homilia o papa frisou que o diálogo para a unidade nunca deve acabar.

Utilizando o Evangelho em que Jesus pede ao Pai que “todos sejam um só”, a Papa destaca: “Não permitais que nos vença o conflito nem a divisão”.

Existem várias tentações contra o dom da unidade e uma citada por Francisco são os falsos sinônimos unidade e uniformidade. Ele diz que Jesus não pede para que sejamos iguais, até porque a unidade não é ausência de diferenças, “a unidade é uma diversidade reconciliada, porque não tolera que, em seu nome, se legitimem as injustiças pessoais ou comunitárias”.

Francisco concluiu a homilia convidando os fiéis a repetir o pedido de Jesus ao Pai. “Que também nós sejamos um só; fazei-nos artesãos de unidade”.

Resumido do texto original (Fonte: http://w2.vatican.va/content/vatican/pt.html)

Mais Recentes

CELEBRAR CATARINA DE SENA

Celebrar, vem do Latim CELEBRARE, “honrar, fazer solenidade”, é este o culto que queremos fazer neste dia a Santa Catarina de Sena.