A Cura de um cego em Jericó.

Olá meus irmãos, graça e paz!

Gostaria de meditar com vocês o Evangelho de hoje que se encontra em Lucas 18, 35-43, onde o Senhor nos remete a Cura de um cego em Jericó.

Meus irmãos a fé daquele homem o faz gritar “Jesus, Filho de Davi, tem piedade de mim”. A multidão o repreendia para que se calasse, mas ele gritava ainda mais alto “Filho de Davi, tem piedade de mim”. Podemos notar o tamanho da fé desse homem, ao ponto que o faz acreditar que aquela seria a única oportunidade que ele teria para que alcançasse a Cura, pois ele sabia do que Jesus era capaz e essa chance ele não poderia perdê-la.

Vendo a fé desse homem podemos nós questionar:

E nós, que o vemos todos os dias, por que ainda resistimos? Por que somos tão incrédulos? Por que temos um coração tão endurecido à graça da conversão? Nós vemos, tocamos e d’Ele nos alimentamos, por que ainda permanecemos cegos?

O cego de Jericó foi curado e salvo, porque antes mesmo de ver Jesus com os olhos da carne O viu com os olhos da fé. Por isso rezemos pedindo para que o Senhor, nós de uma fé semelhante ao pequenino grão de mostarda, nós ensinando a sermos homens e mulheres crédulos, confiantes e perseverantes no caminho, a fim de que com os olhos da fé possamos enxergar as curas que o Senhor deseja realizar em nossas vidas.

Mais Recentes

Nomeações para o Brasil

Catanduva O Santo Padre nomeou Bispo de Catanduva (SP)  Dom Valdir Mamede, transferindo-o da sede episcopal titular de Naisso e do cargo de

Ano Diocesano da Juventude

Graça e Paz! Sabemos que o Ano Diocesano da Juventude em nossa diocese está todo pautado no sínodo dos bispos que ocorreu