Estamos na segunda semana do tempo do Advento, nos preparando para o Natal, e já podemos dizer que 2020 está batendo à porta. Não podemos falar que nos preparamos para 2020, sem nos aprofundar na preparação para o Natal. Então, quero trazer aqui elementos que vão nos ajudar a nos preparar para a vinda do Salvador. (…)

(Lucimar Maziero – Fundadora da Comunidade Católica Presença)

Ouça toda a pregação:

https://drive.google.com/open?id=1MEShIiHa42V-Zd6Gz228GkjbmYimwN_o

 

Aproxima-se a Festa do Natal!

Uns já fizeram a brincadeira do “amigo secreto”, outros estão trocando presentes, e algum almoço especial já está sendo preparado.

Sabemos que a comemoração do Natal é sobretudo familiar. Porém, existem pessoas que não veem sentido algum nessa data, e alguns sentem tristeza ao associar esse dia com alguma recordação ruim da sua história.

Por isso que resolvi elencar aqui 3 razões e 1 segredo para você comemorar de verdade a Festa do Natal, independente da situação que você esteja. Então, vamos lá:

 

AS 3 RAZÕES

  1. O Natal é a Festa do amor!

 A Bíblia diz que “Deus é Amor” (I João 4, 8). O Natal é a memória do Amor que veio ao nosso encontro. Como está escrito:

 “Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele.” (I João 4, 9) 

 Celebrar o Natal é reconhecer que Deus é quem dá o primeiro passo.

Pois nas demais religiões é o homem quem toma a dianteira na busca de sua própria salvação, mas no Cristianismo é ao contrário: é Deus quem toma a iniciativa de salvar o ser humano.

“Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados.” (I João 4,10) 

 

  1. A força de Deus manifestada na fraqueza. 

Pois esse bebê frágil deitado no presépio não é apenas um “novo profeta” ou um “iluminado”, é o Filho de Deus Encarnado. E quem crê nessa verdade é mais que um vencedor!

“Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o vencedor do mundo senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?” (I João 5, 4) 

 Portanto, celebrar o Natal é apropriar-se da vitória de Deus comunicada na simplicidade de uma criança.

 

  1. Deus se fez filho do homem, para nos tornar filhos de Deus. 

Celebrar o Natal, é reconhecer que “o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós” (João 1, 14). Cristo é ao mesmo tempo o rosto divino do homem e o rosto humano de Deus. E a boa-notícia é que podemos nos tornar filhos no Filho! Pois com seu nascimento inaugurou-se uma nova força que está ao alcance de todos os homens:

“A todos aqueles que o receberam, aos que creem em seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.” (I Jo 1, 12) 

Portanto, se você já recebeu Jesus e acredita Nele, se alegre, rejubile! Pois você é filho (a) no Filho! Como não louvar a Deus por tão precioso Dom? Como não dizer:

 “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados”? (Lucas 12, 14)

 

A PROVOCAÇÃO 

Mas se por acaso, você ainda não acolheu Jesus pela fé no seu coração, então o que você está esperando?

Porque sem Ele pode existir festa, mas não há alegria! Pode haver banquete, mas nada sacia o coração! Pode ter muita gente reunida, mas você ainda se sentirá sozinho!

Porque o verdadeiro motivo da alegria do Natal, é o próprio Cristo! Basta recordar aquilo que os anjos anunciaram aos pastores em Belém: 

“Não temais! Eis que vos anuncio uma grande alegria, que será para todo o povo: hoje nasceu na cidade de Davi um Salvador que é o Cristo-Senhor” (Lucas 2, 10s)

 

O SEGREDO 

Quer saber agora o GRANDE SEGREDO DO NATAL?

É a verdade luminosa que: DEUS TE AMA!

Eis o SEGREDO DO NATAL! Eis o resumo de todos os motivos apresentados até aqui! Deus é totalmente “apaixonado” por você! E ponto final. Não fique colocando pontos de interrogações diante dessa verdade! Aceite-a! Assuma-a! Viva ela!

E então você terá motivos suficientes para celebrar o Natal, independente da sua situação hoje.

Pois desejar Feliz Natal para alguém, é o mesmo que dizer: DEUS TE AMA “EXTRAORDINARIAMENTE”!

“Pois Deus amou tanto o mundo que deu o seu Filho Único, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3, 16)

 Deixe essa verdade ser gravada com letras de fogo no seu coração! Pare agora e reflita por um momento nesse mistério insondável do amor de Deus por ti!

“Considerai com que amor nos amou o Pai, para que sejamos chamados filhos de Deus. E nós o somos de fato!” (I Jo 3, 4)

É nessa certeza que brota da fé, que desejo para você um Feliz e Santo Natal!

 

FERNANDO GOMES

MISSIONÁRIO DA COMUNIDADE CATÓLICA PRESENÇA