Olá irmãos, graça e paz!
Será que o Papai Noel é inimigo de Cristo? Hoje vamos refletir sobre isso.

A origem do Papai Noel se deu através de Nicolau que tinha um bom coração e costumava ajudar os mais pobres, deixando saquinhos com moedas próximo às chaminés das casas.

Hoje infelizmente, nossa sociedade busca dar mais valor ao Papai Noel, aquele que da presentes, que pega as crianças no colo, que solta aquelas gargalhadas e tantos outros conceitos que temos sobre ele, do que ao verdadeiro sentido do Natal. Isso traz uma confusão para nós e principalmente para as crianças. Mas afinal você sabe o verdadeiro e único sentido do Natal? Não?!

Ao contrário daquele que da presente, Jesus se deu como presente. Ao contrário daquele que pega as crianças no colo, Ele se fez crianças no qual faz a cada um de nós sorrir e se alegrar. Somente Ele é o único e verdadeiro sentido do Natal. Jesus!

Irmãos o Menino nos foi dado, no qual Nele se revela o plano de amor do Pai á cada um de nós. Por isso papai noel não é inimigo de Cristo! Mas sim um símbolo do Natal que passa, mas Cristo é mais que um símbolo, é sentido da nossa vida, anseio de nossa alma.

Que neste Natal possamos voltar nosso coração para o Menino Jesus e assim como os pastores, magos e anjos adoremos com todo o nosso coração e cantemos:

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amado!


Desejo a todos um Santo e Abençoado Natal!

                                                                                                                                       Chirley Queiroz Barbosa

Missionária da Comunidade Presença

O evangelho de hoje é dirigido para os discípulos, e você saberia me dizer quem são hoje os discípulos de Jesus? Você meu irmão que experimentou o amor de Cristo e hoje o segue.

Estamos vivendo na Igreja o tempo do advento; um tempo de conversão, purificação, espera alegria e preparação para a grande chegada do Menino Jesus em nosso meio.  Esse evangelho de hoje traz para nós cristãos algumas dicas de como aprofundar e adentrar nesse mistério do Natal.

Quando lemos no versículo 24 onde nos diz:

“Aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática é semelhante a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.”

Ouviu as palavras e as põe em prática! Escutamos muitas vezes a palavra de Deus no nosso dia a dia, nas missas, na leitura da palavra, liturgia das horas, pregações e tantos outros meios, mas encontramos dificuldades para por em prática. E porque encontramos essas dificuldades? Você saberia dizer isso a você mesmo? Quando estamos alicerçados na palavra de Deus podem vir à ventania das provações, tentações, fraqueza, dúvida, medo, insegurança que não seremos atingidos, pois a palavra conduzirá, orientará e trará paz a nossa vida, visto que será o próprio Cristo que falará conosco.

A palavra de Deus ela é transformadora, pois ela tem o poder de mudar nossos comportamentos e condutas, ela nos convence do que estamos fazendo de errado, ela tem poder curador. Ouvir a palavra de Deus é maravilhoso, mas não basta somente ouvir a palavra, devemos colocá-la em pratica.

Uma dica de Deus para nos prepararmos para o a Advento é justamente isso: Ouvir e colocar a palavra de Deus em prática. Nosso coração não precisa ser somente uma manjedoura, mas sim um trono, pois Ele é digno de chegar e encontrar em nosso coração esse lugar que irá recebê-lo com maior alegria.

A pessoa que escuta a palavra, mas não a coloca em prática é uma pessoa desobediente. Essa desobediência é porque a pessoa é orgulhosa e pensa sempre estar certa, sabe o que acontece com essa pessoa? A casa cai. Se eu e você meu irmão escutarmos a palavra de Deus e não colocá-la em prática estaremos sendo desobediente a voz de Deus. E como nossa patrona Santa Catarina de Senna nos ensina, a obediência é a chave que abre a porta do céu. Você quer ir para o céu? Então precisamos ser obediente à voz e a palavra de Deus, pois ela será para nós como um GPS que nós levará ao paraíso.

O que adiantaria termos o GPS em mãos, sendo que ele nos mandaria virar a direita e por conta própria, por achar que estamos certo viramos à esquerda? Não adiantaria em nada. Esse GPS que utilizamos no carro é uma voz que nos guia, na Sagrada Escritura é o próprio Deus que vai nos conduzir, orientar e falar. Quer ser prudente? Escute e coloque em prática a palavra de Deus!

Podemos então concluir com o que esta escrito no início desse evangelho “Nem todo aquele que diz Senhor, Senhor entrará no reino do céu”, porque não adianta somente escutar, repetir o que escutamos, precisamos urgentemente colocar em prática para assim darmos verdadeiros e autênticos testemunhos do quanto é bom ser de Deus. Quando colocamos tudo isso em prática a nossa vida é transformada, pois assim como o remédio quando fazemos uso dele tende a trazer para nos o alivio das nossas dores, a palavra não alivia somente a dor física, mas sim a dor da alma nos tirando da sombra da morte que nos encontrávamos. Portanto se queremos ser Santos, devemos colocar a palavra em prática!

Que nesse tempo do advento você escute a palavra de Deus e venha a coloca-la em prática aguardando o Menino Deus chegar em nosso meio.

Graça e paz!

 

Lucimar Maziero

Fundadora da Comunidade Católica Presença

Graça e Paz!

O mês de Setembro pra mim foi marcado por duas perdas em datas muito próximas na minha família, estava passando ainda pela dor da perda. Quando no dia 27 de setembro fui chamada pela nossa fundadora Lucimar para uma conversa, onde ela nos convidou (Eu, Yara e Jhonantan) a participar da Missão na cidade de Porto Esperidião-MT, dos dias 7 à 29 de outubro, nesse momento meu coração se encheu de alegria, pois eu vi quão grande era a oportunidade que a Comunidade estava nos dando, e seria uma grande experiência missionária para nós e quanto poderíamos aprender e crescer nessa missão. Nesse momento senti o amor de Deus por mim e vi que Ele me acha digna de confiança mesmo nas minhas fraquezas, mesmo quando eu mesma não me sinto digna. Vi que na nossa vida passamos por momentos e Cruz, mas que também passamos por momentos de ressurreição.

E foi assim que no mês dedicado as missões, no dia 7 de outubro fomos para a missão nas terras mato-grossenses. Ao chegarmos à cidade de Porto Esperidião, fomos recebidos pelo Padre Marcelo Ramos, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, juntamente com os Freis e Freiras missionários que fariam parte dessa Animação Missionária conosco. Neste primeiro dia fomos direcionados de como seria a missão e fomos divididos em três equipes, onde eu fiquei com a equipe responsável pelas comunidades e aldeias localizadas na fronteira entre Porto Esperidião e Bolívia.

E assim cada um partiu com a sua equipe para a sua missão designada no dia 9 de outubro. Em um primeiro momento fiquei surpreendida com o quão diferente é o modo de vida nessas comunidades, o quão diferente é daqui da cidade. As casas são muito simples, assim como as pessoas que nelas habitam são pessoas de grande simplicidade e muito humildes, são pessoas de grande fé e grande devoção, que na sua humildade dão o seu melhor pelas coisas de Deus. Em cada comunidade a igreja era de uma maneira, me deparei com igrejas muito simples e lá pude ver que Jesus escolhe os lugares mais simples para nascer e se fazer presente!

Logo no começo da missão meu coração se inquietou devido às diferenças e o choque de realidade que tive por onde eu visitava, mas foi num momento em que realmente me abri pra Deus e mostrei como estava, que Ele me mostrou que o que realmente importa é Ser o que eu realmente sou! E o que eu sou? Sou a Presença de Deus, e é disso que eu preciso, eu não preciso ter coisas ou pessoas, eu preciso ser aquilo que Deus me chamou a SER e assim eu faço da minha vida o maior instrumento pra Missão!

E foi assim que vi que se não saísse de mim mesma,  não viveria essa missão, e desta maneira entendi o verdadeira sentido do sair de mim mesma, porque quando saio de mim, consigo ir ao encontro do outro. Quando saio de mim, não me importo com as minhas seguranças, e quando isso acontece, não tem como não amar, porque muitas vezes o que me impede de amar sou eu mesma.

Nessa missão vi também que Deus me chamava a confiar inteiramente Nele, foi tirando as minhas seguranças em coisas e pessoas que eu consegui verdadeiramente me lançar.  E assim, fui mergulhando na misericórdia e no amor de Deus.

Nesse ano também somos chamados a mergulhar no mistério, e nessa missão compreendi que deveria mergulhar no mistério da Presença de Deus nas pessoas e na sua forma de vida. Compreendi também que é nos humildes que Deus verdadeiramente habita, e é neles que Ele é verdadeiramente honrado! Foi nesses dias que pude ver que viver a pobreza é não só viver a pobreza material, mas viver o abandono total em Deus.

Aprendi muito com o modo de vida dos povos de lá! Com a sua vida comunitária; com a união e o cuidado que eles tem entre eles; com a sua fé inabalável; com as famílias; vi a pureza das crianças que lá moram, o que me fez ficar encantada por ela, pois lá elas não são corrompidas pela sociedade; la elas vivem a verdadeira infância

Agradeço a Comunidade Presença por ter me proporcionado essa experiência, especialmente a Lucimar nossa fundadora. Agradeço ao Padre Marcelo Ramos por ter nos chamado e nos dado essa oportunidade, aprendemos muito com o senhor, a sua vida foi e será de grande exemplo para nós! Agradeço aos Freis e as Irmãs que estiveram conosco, por tudo que nos ensinaram e nos fizeram crescer nessa missão, a vida de vocês são exemplo para nós, obrigada por tudo!

Viver essa missão fortificou o meu chamado e me fez ver o que Deus realmente me chamou a Ser! Vi o quão feliz eu sou pelo chamado que Ele me fez! SOU FELIZ, SOU PRESENÇA!

 

Daniele Franco

Missionária da Comunidade Católica Presença